5 de janeiro de 2023

Tuna Camoniana da UAL canta Os Lusíadas

 

 

A Tuna Camoniana canta EPOPEIA,
com um reportório inspirado em Os Lusíadas, CD editado em 2007


Dos três trabalhos discográficos editados pela Tuna Camoniana, destacamos Epopeia (2007), em que o grupo que compôs 10 músicas inspiradas em Os Lusíadas “numa vertente de espetáculo temático, que conta com a participação de Fernando Tordo e Manuel Freire, bem como de outras músicas não originais, mas adequadas ao espetáculo idealizado” [in “Historial”, no site da Tuna]





Inês, serenata original da Tuna Camoniana
Letra de Ana Maria Marques e música de Tiago Marques.



As canções do CD EPOPEIA:


  1. Canto Primeiro. – Com Manuel Freire. – Letra: duas primeiras oitavas da epopeia de Camões. 
  2. À Descoberta. – Tradicional, original – Letra: Ana Maria Marques; música: Tiago Marques; arranjos: Tiago Marques & Tuna Camoniana.
  3. Com que voz. – [...].
  4. Irmandade das Estrelas. – Instrumental, versão – Música: Carlos Nuñez; arranjos: Tuna Camoniana.
  5. Terrível Adamastor. – Tradicional, original. – Letra: Gonçalo Esteves; música: Miguel Caeiro e Afonso Metello; arranjos: Tuna Camoniana.
  6. Bravura lusitana. – Tradicional, original.
  7. Inês. – Serenata, original – Letra: Ana Maria Marques; música: Tiago Marques; arranjos: Tiago Marques e Tuna Camoniana.
  8. Indica passagem. – Tradicional, original – Letra: André Moreiras; música: Miguel Caeiro, Rui Martins e Tiago Marques; arranjos; Tiago Marques & Tuna Camoniana.
  9. Ilha dos Amores. – Serenata, original – Letra: Afonso Metello; música: Afonso Metello; Arranjos: Tiago Marques & Tuna Camoniana; participação especial: Fernando Tordo.
  10. Amor a Portugal. – Com Fernando Tordo – Tradicional, versão.  – Letra: João Mendonça e Zeca Medeiros; música: Enio Morriconne; arranjos: Tiago Marques & Tuna Camoniana.






Quem são os Tuna Camoniana?


é um grupo musical
da Universidade Autónoma de Lisboa Luís Vaz de Camões,
fundada a 21.02.1992,
em que todos os tunos tomam Camões “como modelo de virtude seguindo a máxima
‘Na Verve Virtuosos, Na Estroina Espantosos’”.



 






Para saber +