14 de setembro de 2021

ICONOGRAFIA – 10 ilustradoras portuguesas contemporâneas reinterpretam os 10 cantos de Os Lusíadas

Na 3.ª edição da BIG - Bienal de Ilustração de Guimarães será editada uma nova edição de Os Lusíadas, de Luís de Camões, a novidade é que será uma versão ilustrada inteiramente por mulheres, o texto será adaptado ao português contemporâneo e com a direção literária de Rita Marnoto, atual diretora do CIEC de Coimbra.

Os Lusíadas / Luís de Camões

Edição ilustrada para a BIG 2021

Texto adaptado para português contemporâneo por Rita Marnoto.

Ilustrações de Carolina Celas, Joana Rêgo, Joana Estrela, Madalena Matoso, Amanda Baeza, Inês Machado, Mariana Rio, Catarina Gomes, Marta Madureira e Marta Monteiro.

Braga: Universidade do Minho / Matosinhos: Editora Kalandraka, 2021.





Na BIG será também apresentada uma exposição com curadoria do artista plástico António Gonçalves, a qual mostrará as ilustrações originais das 10 artistas inspiradas nos 10 cantos da epopeia camoniana. Uma visão artística moderna e plural reconfiguradora dos versos renascentistas.


A EXPOSIÇÃO

No período de 11 de setembro a 31 de dezembro de 2021, a Bienal de Ilustração de Guimarães promoverá exposições, entre elas a dedicada a OS LUSÍADAS: foi elaborada uma edição ilustrada para a BIG 2021 que resultou de uma parceria entre a Universidade do Minho e a Editora Kalandraka, com o apoio do Município de Guimarães. Na BIG será apresentada uma exposição com as os trabalhos das 10 autoras convidadas para ilustrar esta obra.

A exposição OS LUSÍADAS / THE LUSIADS decorrerá entre 23 out. e 31 dez de 2021, na Sociedade Martins Sarmento.


Inauguração: dia 23 de outubro, às 15h00.

Inauguração com a presença das autoras e do curador António Gonçalves.

Local: Sociedade Martins Sarmento, Rua Paio Galvão, 2, 4814-509 Guimarães

Horário: Terça a Domingo, 10h00 - 13h00; 14h00 - 19h00


Uma linha de memória (excerto), por António Gonçalves

"As edições dos Lusíadas são imensas, das mais simples de bolso, às mais cuidadas e elaboradas edições luxuosas. Muitas delas acompanhadas de ilustrações dos mais diversificados artistas. Os dez cantos deste épico poema são de uma riqueza visual muito singular, um desafio e incentivo aqueles que dessa leitura nos possam dar a ver originais obras visuais.

No contexto da edição dos Lusíadas agora apresentado no contexto da Bienal de Ilustração de Guimarães, são apresentadas as ilustrações de Carolina Celas, Joana Rêgo, Joana Estrela, Madalena Matoso, Amanda Baeza, Inês Machado, Mariana Rio, Catarina Gomes, Marta Madureira e Marta Monteiro, dando a ver os dez cantos do Poema numa cuidada incursão no antigo da obra, numa visão de sensibilidade apurada e reveladora de como se dá hoje nova forma ao tempo. Um olhar feminino perante a epopeia dos feitos de um povo, feitos de presença das forças masculinas, mas povoado das ninfas que traziam a beleza e os encantos. Hoje é sempre o tempo de ler o antigo, dele trazer a essência mais intacta que estará sempre na origem da nossa indagação ao que somos e de como traçamos a linha da memória."

António Gonçalves

 


 

Para saber +