Mostrar mensagens com a etiqueta Teófilo Braga. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Teófilo Braga. Mostrar todas as mensagens

2024/03/26

Colóquio Internacional dos 500 anos do nascimento de Camões e dos 100 anos da morte de Teófilo Braga

 

Colóquio Internacional 500 | 100

500 anos do nascimento de Camões, 100 da morte de Teófilo Braga

3-4 OUT. 2024

Na Biblioteca Municipal Francisco Sá de Miranda

Organização:

Centro de Estudos Mirandinos (Câmara Municipal de Almares)
em parceria com
Centro de Estudos Lusíadas (Universidade do Minho)






"Luís de Camões é uma figura maior do universo literário lusógrafo, sendo-lhe reservado um lugar consensual no cânone da literatura de língua portuguesa. A sua obra multifacetada, abrangendo os géneros lírico, épico e dramático, tem merecido, ao longo dos séculos, a atenção de editores, comentadores, analistas e críticos que nela têm encontrado motivo inesgotável de interesse e fascinação. Verdadeira obra clássica, a produção literária camoniana mantém uma inabalável atualidade, continuamente inspirando outros criadores e leitores que dela se acercam e apropriam para que a voz do poeta maior do Quinhentismo português não cesse de cantar às novas gerações.

Teófilo Braga, por seu lado, foi um escritor prolixo do qual Ramalho Ortigão dizia que “não publica um volume por semana, pela razão única de que não há prelos, em Portugal, que acompanhem a velocidade vertiginosa da sua pena”. Boa parte do seu labor literário foi dedicado ao estudo da vida e da obra de Camões. Os aspetos da vida do poeta interessaram-lhe particularmente, levando-o a formular hipóteses e a extrair conclusões assentes em interpretações biografistas da obra que frequentemente foram contestadas. Porém, os seus contributos para a historiografia literária portuguesa e para a criação do mito de Camões como símbolo nacional tornam-no uma referência incontornável no âmbito dos estudos camonianos.

Assim, [...] o Colóquio [...] tem como objetivo abrir um espaço de partilha e discussão a partir da revisitação da obra destes dois vultos da cultura portuguesa, à luz de pressupostos teóricos atuais e de novas abordagens críticas."
Organizadores


Eixos temáticos:

Problemas de edição e de crítica textual da obra camoniana;
Novas leituras da lírica / épica / teatro;
Camões e os poetas do seu tempo;
Fortuna crítica da obra de Camões;
Camões, mote de glosa intemporal;
Comemorações, datas festivas e identidade nacional;
Teófilo Braga camonista;
Teófilo Braga e a historiografia literária nacional;
Teófilo Braga polemista;
Representações iconográficas de Camões e de Teófilo Braga;
A atividade política de Teófilo Braga.


Envio de propostas de comunicação:

As propostas deverão incluir: 
título, resumo (250-350 palavras), palavras-chave (3-6) e breve nota biográfica do(s) autor(es).

Enviar para cem@biblioamares.pt




"Assim se junta a efeméride camoniana 
com o aniversário da morte de um nome maior 
da nossa historiografia literária e 
leitor sagaz e profundo de Camões: Teófilo Braga."



PROGRAMA


DIA 3 OUTUBRO

21h00 – MESA REDONDA “Camões 500 anos depois”

DIA 4 OUTUBRO

09h00 RECEÇÃO DOS PARTICIPANTES

09h30 SESSÃO DE ABERTURA

Manuel Moreira, Presidente da Câmara Municipal de Amares
Sérgio Guimarães de Sousa, Diretor do Centro de Estudos Mirandinos
José de Sousa Teixeira, Presidente da Comissão Diretiva do Centro de Estudos Lusíadas
António Amaro, Diretor do Centro de Formação do Alto Cávado

10h00 RECITAL/MOMENTO MUSICAL

10h30 PAUSA CAFÉ


11h00
CONFERÊNCIA PLENÁRIA 
Rita Marnoto, U. Coimbra

11h45 
"Picturing Camões in Goa” 
Irene Silveira Almeida / Loraine Ethel Barreto Alberto, U. Goa

12h15 DEBATE

13h00 ALMOÇO

14h30
“As prisões de Camões e os seus motivos” 
Marcia Arruda Franco, USP

15h00
“José Silvestre Ribeiro, um leitor de Camões no século XIX: Pensamento ético-moral, ciência e reflexão estética” 
Paulo Silva Pereira, U. Coimbra

15h30 
"Mulheres de Letras do Tempo de Camões: vozes resgatadas de quinhentos” 
Dalila Maria Teixeira Milheiro
Investigadora CLEPUL e CEMRI-UA

16h00
“António Ferreira e Camões”
Maria do Socorro Gomes Torres
Fundação Universidade Federal de Rondônia, Brasil

16h30 EVOCAÇÃO DE TEÓFILO BRAGA

17h00 DEBATE

17h30 VERDE DE HONRA


18h00 MOMENTO CULTURAL 
Visita ao Mosteiro de Santo André de Rendufe

19h30 ENCERRAMENTO





Redação: 26.03.2024, atualizado em 21.07.2024