Mostrar mensagens com a etiqueta Seia. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Seia. Mostrar todas as mensagens

2024/04/06

Camões celebrado no MASE - Festival de Música Antiga da Serra da Estrela




A Lira que soa a Voz que canta

Luís de Camões. V Centenário do seu nascimento

MASE - Festival de Música Antiga da Serra da Estrela


1.ª edição

Em Seia, de 5 a 14 ABR. 2024









Direção artística:

Pedro Castro

Organização:

 Concerto Campestre e Conservatório de Seia
com o apoio da Direção-Geral das Artes







8 concertos:

Dia 5, sexta-feira
às 15h, Casa de Santa Isabel, São Romão
às 21h, na Igreja Matriz (velha) de Seia
 Bando do Surunyo Quit Tollit Peccata Mundi

Dia 6, sábado
às 16h, na Igreja Matriz de Loriga
Sete Lágrimas - Diáspora

Dia 7, domingo
às 15h, no lar de Sazes da Beira 
Sete Lágrimas Diáspora

*
Dia 12, sexta-feira
às 21h, na Igreja da Misericórdia, Seia
Concerto Campestre - Fim de Festa

Dia 13, sábado
às 16h, no Cineteatro, Seia
 Atelier do Conservatório de Seia  - Música do tempo de Camões

às 21h, na Casa de Santa Isabel, São Romão.
Concerto Campestre Fim de Festa

Dia 14, domingo
Atelier do Conservatório de Seia  - Música do tempo de Camões  
às 16h, Teatro de Vila Cova à Coelheira



Descrição:

"Com direção artística de Pedro Castro e organização do Conservatório de Seia e do Agrupamento Concerto Campestre, o Festival de Música Antiga da Serra da Estrela conta com um apoio da Direção Geral das Artes e a parceria da Antena 2 e ocorrerá nos primeiros dois fins de semana de abril.

Este ano todos os concertos serão no concelho de Seia [...] com a colaboração e acolhimento da Santa Casa da Misericórdia de Seia, da Junta de Freguesia de Loriga, da Junta de Freguesia de Vila Cova à Coelheira, da Casa de Santa Isabel e do Lar de Sazes. São também parceiros a Câmara Municipal de Seia e as Aldeias de Montanha.

A programação deste ano dedica-se à celebração de um marco cultural de grande relevância: o quincentenário do nascimento de Luís de Camões. Para tal, o festival privilegia o repertório ibérico dos séculos XVI a XVIII e conta com um programa especial, fruto de um atelier desenvolvido com os alunos do Conservatório de Seia, que apresentará música do tempo do poeta, proporcionando uma viagem musical à época em que viveu.

A primeira edição do festival conta também com a participação de outros grupos de renome, como os Sete Lágrimas e o Bando do Surunyo, prometendo uma experiência musical diversa e enriquecedora.

Com um total de 8 concertos realizados em diferentes locais do concelho de Seia, o festival visa formar, sensibilizar e alcançar públicos distintos e contribuir para o desenvolvimento cultural da região. Através da música, pretende-se sensibilizar o público para a importância do património material e imaterial que nos define."
Texto do Programa do Festival








para saber +

Página de internet oficial: https://femase.pt/