Mostrar mensagens com a etiqueta Rui de Luna. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Rui de Luna. Mostrar todas as mensagens

2024/06/16

Estreia do concerto "As Camonianas" em Vila Viçosa

 

CAMONIANAS

CONCERTO

do barítono Rui Luna

e a Banda da Armada Portuguesa
dirigida pelo Maestro Pascoal


22 JUN. 2024 | 21h00 | na Igreja dos Agostinhos, em Vila Viçosa


Entrada aberta ao público

Com o apoio de.

 Marinha Portuguesa
Banda Sinfónica da Armada Portuguesa
Fundação da Casa de Bragança
Câmara Municipal de Vila Viçosa
Ars Luminae
Mister.Man1972 



PROGRAMA

"No concerto, serão executadas diversas obras musicais, 
que pertencem ao arquivo musical do Paço Ducal, como 

o Hino a Camões" composto em 1867 por Frondoni, 

para a inauguração da estátua de Camões em Lisboa, 
entre outros Hinos, assim como, 

diversas obras musicais, inspiradas nos sonetos, 

que integram a 1.ª edição das Rimas, publicada em 1595, assim como 

a obra sinfónica, "Caminho das Índias"  

também ela inspirada na 1ª edição d'Os Lusiadas de1572."

In: Antonio Jorge Albuquerque Gaspar | Facebook, 15.06.2024 





  1. Rui Castilho de Luna. - Imagem na página do artista no Facebook.
  2. Grupo de Banda da Armada Portuguesa - imagem na página não oficial no Facebook.
  3. Maestro Samuel Pascoal. - Imagem na página da Comissão Cultural de Marinha.
  4. Cartaz dos eventos celebrativos dos 500 anos do nascimento de Luís de Camões, em Vila Viçosa.






para saber +



Banda da Armada, in Comissão Cultural de Marinha | Site oficial










Redação: 16.06.2024

2024/05/10

Concerto Do Amor e da Glória em Camões, com Rui de Luna, Marcos Lázaro e Natália Luiza



Do Amor e da Glória em Camões

10 MAIO 2024 | às 21h | Nos Paços do Concelho, Lisboa

CONCERTO

para voz, piano, violino e percussão 
com a participação dos músicos 
Rui de Luna (composição musical original e interpretação; piano) 
e Marcos Lázaro (violino) 
e com poemas camonianos ditos 
pela atriz Natália Luiza.



Natália Luiza


“Espetáculo de poesia e música, 
que dá a ouvir alguma da poesia lírica deste 
poeta imenso que atravessou o tempo e cujo nome 
se funde com o dia da nação portuguesa. 
Nesta seleção de poemas encontramos não só o poeta que cantou o amor, 
mas também o que sabe que o mal mata, porque não se vê.”






O evento integra as 
comemorações da Câmara Municipal de Lisboa
 dos 500 anos do nascimento de Luís de Camões.