Mostrar mensagens com a etiqueta Mafalda Milhões. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Mafalda Milhões. Mostrar todas as mensagens

2024/05/10

A Cor do Limão, um espetáculo performativo para as famílias


Imagem in: página do Facebook - Cristina Andante

A Cor do Limão

TEATRO & ARTE para CRIANÇAS

1 JUN. 2024 | às 15h

Duração: 30 minutos + 10 minutos de brincadeira

Na Biblioteca Municipal de Marvila



Encenação: Cristina Paiva e Fernando Ladeira
Poesia: Luís de Camões
Interpretação: Cristina Paiva
Ilustrações: Mafalda Milhões
Produção gráfica: Pedro Maia
Música: Joaquim Coelho
Cenário: Cristina Paiva, Fernando Ladeira e Maria Luiz
Figurino: Maria Luiz
Mestra de costura: Teresa Louro
Sonoplastia: Fernando Ladeira
Serralharia: Leonel & Bicho
Parceiro: O Bichinho de Conto
Produção Andante

+ informações: 

Tel. 218 173 000



O evento integra as
comemorações da Câmara Municipal de Lisboa
dos 500 anos do nascimento de Luís de Camões.







SINOPSE

"Uma pastora junta o seu rebanho, dá-lhes de comer e conta-lhes uma história de amor. Canta-lhes para as ajudar a comer, para as adormecer, para brincarem e para descobrirem palavras novas.

Um espetáculo verde para bebés. Um espetáculo cheio de interrogações e de poesia: Onde está o verde? Nas ervas dos campos? No limão verde, amarelo, azul? No prato da sopa? Nos olhos do meu bem? A cor, o som, o canto, a dança das palavras. As palavras são o nosso brinquedo favorito.

Um espetáculo para bebés a partir de um poema de Camões. Um poema de amor onde a música, as imagens, as cores e os sentidos se hão-de conjugar para criar um momento de partilha entre a arte e os bebés, entre a poesia e as famílias, entre a luz dos nossos e dos vossos olhos."



A cor do Limão (teaser)


"Em que estou a pensar? 

Que este ano se celebram 500 anos de Camões. Que nós temos um espectáculo para a primeira infância com um dos seus belos poemas e que quem gosta desta coisa das "redondinhas" bem podia aproveitar. 

Se um poema de Camões servir para os bebés comerem a sopa, pode ser que um dia mais tarde essas palavras ajudem a dar voz a sentimentos difíceis de verbalizar, pode ser que quando se apresentar como um autor obrigatório na escola, seja já um objecto familiar. 

Pelo que temos observado, desde que fazemos este A COR DO LIMÃO, não são só os bebés que ficam deliciados com estas palavras, também os pais que os levam ao espetáculo, os manos mais velhos que os acompanham, ou como toda a gente fica pasma por os avós conhecerem tão bem este poema. 

Um espectáculo de promoção da leitura para bebés é apenas uma plataforma de arranque para trabalhar a promoção da leitura com toda a família. 

É uma ideia."

na sua página do Facebook: Cristina Andante