Mostrar mensagens com a etiqueta FeLiCidade. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta FeLiCidade. Mostrar todas as mensagens

2024/04/27

Aula sobre Camões crioulo e poetas cabo-verdianos por José Luíz Tavares, no FeLiCidade




Camões crioulo e poetas cabo-verdianos 

AULA

por José Luíz Tavares

4 MAIO 2024, sábado | 13:00 - 14:00

Sala Fernando Pessoa
Centro Cultural de Belém
Praça do Império, 1449-003 Lisboa | Portugal


Atividade integrada no programa do

Equipa Curatorial:
Anabela Mota Ribeiro, André e. Teodosio, Gonçalo Riscado, Nádia Yracema,
Sara Carinhas, Tiago Bartolomeu Costa e Madalena Wallenstein.

A programação das aulas foi desenvolvida por
Anabela Mota Ribeiro e André e. Teodósio










"Não sendo assinalável o rasto de Camões em autores cabo-verdianos, 
é sobretudo pela via da tradução que essa presença se efetiva.

Começando em Cónego Teixeira (estância de Os Lusíadas) 
passando por Eugénio Tavares (Bárbara Escrava), 
e desaguando em José Luiz Tavares (Sonetos, Bárbara Escrava e Cantiga X),
efetuaremos uma pequena viagem tradutória, 
relevando a sua razão política no contexto de 
combate ao supremacismo linguístico em Cabo Verde 
e pela nobilitação literária da língua cabo-verdiana."




para saber +

In: FeLiCidade – Festival da Língua e da Liberdade na Cidade




Aula sobre Camões por Frederico Lourenço, no FeLiCidade

 


CAMÕES

AULA

por Frederico Lourenço


4 MAIO 2024 | 11:00 - 12:00

Sala Sophia de Mello Breyner Andresen 
Centro Cultural de Belém
Praça do Império, 1449-003 Lisboa | Portugal


Atividade integrada no programa do
Equipa Curatorial:
Anabela Mota Ribeiro, André e. Teodosio, Gonçalo Riscado, Nádia Yracema, 
Sara Carinhas, Tiago Bartolomeu Costa e Madalena Wallenstein.

A programação das aulas foi desenvolvida por 
Anabela Mota Ribeiro e André e. Teodósio











"Começando com o tema da efeméride camoniana 
que se celebra em 2024 (os 500 anos desde o seu nascimento), 
esta aula pretende sintetizar, em traços largos, 
as grandes questões que se colocam sobre Luís de Camões. 

Serão abordadas as dúvidas concernentes à sua biografia, 
assim como o problema da originalidade e da imitação na sua poesia épica e lírica.

No final, procurar-se-á uma resposta para a pergunta 
'Como ler Os Lusíadas no quinquagésimo aniversário do 25 de abril, 
que é ao mesmo tempo o quingentésimo aniversário de Camões?' "

 





Sessão gravada e disponível no YouTube: