Mostrar mensagens com a etiqueta Congresso Os Lusíadas na escola e na sociedade. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Congresso Os Lusíadas na escola e na sociedade. Mostrar todas as mensagens

2024/03/21

Apresentação de Os Lusíadas na escola e na Sociedade – 450 anos



OS LUSÍADAS

na escola e na Sociedade

450 anos


 Coordenação dos Professores Doutores:
Maria do Céu Fraga, Rui Tavares de Faria e Madalena Teixeira da Silva

Ponta Delgada: Letras Lavadas edições - Centro de Estudos Humanísticos da  Universidade dos Açores, 2024







EVENTO: apresentação do livro

21 MAR. 2024, às 18h30
Cavalariças, Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada

Apresentação por João Bosco Mota Amaral 


No dia 21 de março, Dia Mundial da Poesia, foi lançado o livro 'Os Lusíadas' na Escola e na Sociedade. 450 anos", coordenado pelos Professores Doutores Maria do Céu Fraga, Rui Tavares de Faria e Madalena Teixeira da Silva, do Centro de Estudos Humanísticos - CEHu Universidade dos Açores, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada. A sessão teve lugar nas Cavalariças e contou com a apresentação do Doutor João Bosco Mota Amaral.


"Para assinalar os 450 anos da publicação de Os Lusíadas, o Centro de Estudos Humanísticos da Universidade dos Açores, em parceria com o Centro de Literatura Portuguesa e a Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, tomou a iniciativa de organizar o colóquio “Os Lusíadas na escola e na sociedade”.
Este Colóquio teve lugar em Ponta Delgada, de 26 a 28 de outubro de 2022. Integrou o evento um grupo de investigadores e docentes universitários portugueses, dos quais se destacam renomados estudiosos da obra camoniana, que pretendem chamar a atenção para a presença constante da epopeia de Camões na sociedade e na escola de Portugal. Assim, as comunicações proferidas pelos oradores visam fazer o balanço crítico dos estudos camonianos mais recentes e estabelecer as possibilidades da sua repercussão no ensino de “Os Lusíadas”.
Este livro consiste, precisamente, nas comunicações proferidas no referido colóquio."



"Tal como sucedeu no passado, os portugueses de hoje (de certo modo, também os brasileiros) continuam a aproveitar todas as oportunidades para celebrar Camões, em geral, e a epopeia que nos deixou, em particular. Nas universidades e nas escolas, pelo menos.
Uma circunstância tão invulgar (não ocorre com nenhum outro escritor nem com nenhum outro livro escrito em português) obriga a indagar sobre os motivos que estarão na sua origem. Porque comemoramos nós Os Lusíadas, sendo certo que o tempo das epopeias parece ter passado há muito tempo? Podemos ser ainda mais concretos nas interrogações: porque evocamos um livro publicado há quatro séculos? Porque não emudeceu ainda essa obra, de leitura tão difícil e exigente?
De forma direta ou indireta, o volume que agora se publica procura responder a estas questões."
José Augusto Cardoso Bernardes













  1. Cartaz-convite da sessão pública de lançamento do livro 'Os Lusíadas' na escola e na Sociedade: 450 anos, 21.03.2024.
  2. Imagem do Congresso "Os Lusíadas na escola e na sociedade”, Ponta Delgada, 26 a 28 de outubro de 2022.
  3. Cartaz da tertúlia Estação Poesia que assinala o V Centenário do nascimento de Camões e que integra no seu programa o lançamento do livro referido em 1.
  4. Sessão de autógrafos no lançamento do livro. - Imagem divulgada na página do Facebook da editora Letras Lavadas, 23.03.2024.
  5. Evento a decorrer nas instalações da Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada. - Imagem divulgada na página do Facebook da editora Letras Lavadas, 23.03.2024.