Mostrar mensagens com a etiqueta Concurso Literário. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Concurso Literário. Mostrar todas as mensagens

2018/05/31

O Prémio Literário Luis Vaz de Camões, 2018, criado pela associação de cultura A Palavra Cantada






VI Concurso Literário Nacional "Luís Vaz de Camões"


O concurso literário nacional é realizado anualmente, desde 2012, por A Palavra Cantada – Associação de Cultura, localizada na Rua Luis de Camões em Vila Franca de Xira. Entre os homenageados encontram-se poetas como Bocage e Florbela Espanca.
Em 2018 o concurso visou homenagear Luís Vaz de Camões, poeta "cuja obra escrita já atravessou séculos e continuará a elevar a Língua Portuguesa, num exemplo de mestria e genialidade". Em 2018 o concurso apenas esteve aberto à modalidade de poesia.

"O concurso é destinado a todos os poetas ou pessoas que gostam de escrever, e tem como principais objetivos incentivar a expressão literária em língua portuguesa, bem como, a manifestação escrita acerca do mundo em que vivem."

Os trabalhos puderam ser submetidos até ao dia 31 de maio de 2018 para o email palavracantadaac@gmail.com

Pode-se consultar, na página da Associação ou abaixo, o Regulamento Prémio Literário Luis Vaz de Camões (texto com ligeiras alterações de redação).










Abandono do artifício


Desconheço-me neste ímpeto
de existir sem mais delongas
e de abandonar todos os artifícios.

Só a poesia cumpre
as alvoradas e as noites de manto estrelado
sem subserviência e sem pudor.

SARA TIMÓTEO





Quero cantar a saudade


Ó ondas do mar
Deixai-me embarcar
Deixai-me voltar

Em barca estilosa
Em onda ditosa
Quero lá chegar

A vida distante
É agitante
E cheia de guerra

Há muito oportuno
E há mais gatuno
que na nossa terra

Aqui é diferente
Há muita gente
Que está ausente

Estão a sorrir
Mas sabem fingir
Mesmo à nossa frente

Estrelas do Céu
olhem que eu sou réu
Da triste ventura

Sois as companheiras
Meninas solteiras
Da minha amargura

Quero cantar a saudade
E ver nos teus olhos toda a verdade
Quero cantar equidade
E ver nos teus lábios sinceridade

ORLANDO GOMES





Mares Navegados


No regresso da Taprobana
Escritos foram feitos na cabana
Narrando de forma épica e lírica
Tamanha façanha agonística

Intrigas gregas e deuses pagãos
História em odes quinhentistas
Exortando alegrias aos cristãos
E desbravando rotas belicistas

Versos em sonetos e redondilhas
Passaste Adamastor para Oriente
Definido no Tratado de Tordesilhas

Amores entre Ophélias e Dinamene
Julgando ser um galã omnisciente
Mas só a sua obra sobreviverá perene

ALEXANDRE CARVALHO





Sonhos


Onde andam meus sonhos, doce ilusão
Que um dia desejei ao despertar
Sonhos que sempre quis concretizar
Foram com o vento onde será que estão

O tempo mata as ilusões do coração
Eu não sei mais como as encontrar
Levantando a voz, volto a perguntar
Onde vou achar de novo a ambição

Quero conservar em mim a esperança
Não quero sentir-me perdida, sem norte
Depois da tempestade vem a bonança

Voltar a sonhar, sentir que se alcança
Cantando meus ideais, tentando a sorte
Desejar q’haja enfim, uma mudança

MARIA ISABEL GONÇALVES










Regulamento Prémio Literário Luís Vaz de Camões


Art.º 1.º
(Instituição e finalidade)

A Palavra Cantada – Associação de Cultura instituiu o VI Prémio Literário nacional "Luís Vaz de Camões" para homenagear um grande escritor Luís Vaz de Camões e incentivar a criatividade literária na categoria de poesia.

Art.º 2.º
(Modalidades)
  1. Neste Prémio são aceites trabalhos de poesia de rima livre, soneto, quadra popular, ou outros;
  2. Cada autor poderá concorrer no máximo com 2 (dois) poemas, inéditos.
  3. A publicação em blogs pessoais não invalida o ineditismo, porém a publicação em livros, jornais e/ou antologias, bem como a inscrição simultânea em outro concurso similar, invalidam a inscrição;
  4. A participação no concurso é livre para autores de todas as idades, sem qualquer restrição.

Art.º 3.º
(Concurso)
  1. O concurso para atribuição do prémio literário "Luís Vaz de Camões" é publicitado através da imprensa, da página oficial da Associação e do Facebook da mesma.
  2. As obras concorrentes deverão ser trabalhos originais, apresentados em texto processado a espaço duplo, em formato A4, no máximo 3 páginas e de um só lado, em letra Arial ou Times New Roman, tamanho 12;
  3. As obras concorrentes deverão ser redigidas em português, independentemente da nacionalidade do autor;
  4. O não cumprimento do prescrito nos números anteriores implica a exclusão do concorrente, a menos que, pela excecional qualidade do trabalho, o Júri decida o contrário;
  5. Os trabalhos dos menores de idade terão que vir acompanhados de uma autorização dos seus tutores ou representantes legais.

Art.º 4.º
(Prazo de candidatura)

O prazo de entrega dos originais termina no dia 31 de Maio de 2018.

Art.º 5.º
(Candidatura)

As obras concorrentes poderão ser entregues por uma das seguintes formas:
  • Por via eletrónica o candidato deverá submeter os seus trabalhos no formulário disponível no site da Associação;
  • Por correio eletrónico para o seguinte endereço: palavracantadaac@gmail.com.
Para a modalidade de correio eletrónico deverão ser cumpridos os seguintes critérios:
  • As obras deverão ser enviadas em anexo, preferencialmente em formato pdf, podendo ser aceites em formato doc e docx (word), ou outro desde que os elementos do júri disponham de programa adequado para visualizar o anexo. 
  • Se pretender ser contatado(a) por telefone indique o número. 
  • No assunto do email deverá constar o VI Prémio Literário Nacional "Luís Vaz de Camões".
Findo o prazo de análise das obras por parte do júri, os concorrentes premiados serão avisados no prazo de 10 dias, por telefone, ou por e-mail.

Os concorrentes premiados receberão o prémio via correio eletrónico.

Art.º 6.º
(Prémios)
  1. Serão atribuídos o 1.º, 2.º e 3.º prémios;
  2. Os certificados com a classificação obtida são divulgados através da página oficial da Associação e do Facebook da Associação e do jornal e/ou revista da associação;
  3. Poderão ser atribuídas menções honrosas, se o júri entender que as obras o justificam;
  4. Os ficheiros das obras não premiadas, serão eliminadas após a atribuição dos prémios.

Art.º 7.º
(Júri do concurso)
  1. O júri será constituído por três elementos, com formação na área da literatura;
  2. Os membros do júri não poderão concorrer ao prémio;
  3. As deliberações do Júri são tomadas por maioria, excluindo-se sempre a posição de abstenção.

Art.º 8.º
(Apuramento e classificação)
  1. O Júri disporá de sessenta dias para proceder à classificação;
  2. Não há lugar a prémios exe quo, reservando-se o Júri o direito de não atribuir o prémio se considerar que nenhuma obra o justifica;
  3. Tomada a decisão, o Júri elabora uma ata com a classificação, a qual deve ser tornada pública nos quinze dias imediatos, através de fixação na sede da Associação e no site oficial da Associação.

Art.º 9.º
(Recurso)

Da classificação final não haverá recurso.


Art.º 10.º
(Exclusão)

O não cumprimento do enunciado neste regulamento levará à exclusão da participação deste Prémio Literário.

Art.º 11.º
(Casos omissos)

Os casos omissos e as dúvidas de interpretação são resolvidos pelo Júri, de cuja decisão não há recurso.

Art.º 12.º
(Informações)

  1. Os pedidos de informação são efetuados por e-mail: palavracantadaac@gmail.com;
  2. Os pedidos de informação só poderão ser apresentados até 8 dias antes do fim do prazo de entrega dos trabalhos.

A Direção:

Maria Gomes
Maria Conceição Santos
Lénia Oliveira
Ivone Velosa
Élia Formigo




Rua Luis de Camões, n.º 21-23
2600-181 Vila Franca de Xira,  Portugal