Mostrar mensagens com a etiqueta CEL - Centro de Estudos Lusíadas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta CEL - Centro de Estudos Lusíadas. Mostrar todas as mensagens

2024/03/26

Colóquio Internacional dos 500 anos do nascimento de Camões e dos 100 anos da morte de Teófilo Braga

 

Colóquio Internacional 500 | 100

500 anos do nascimento de Camões, 100 da morte de Teófilo Braga

3-4 OUT. 2024

Na Biblioteca Municipal Francisco Sá de Miranda

Organização:

Centro de Estudos Mirandinos (Câmara Municipal de Almares)
em parceria com
Centro de Estudos Lusíadas (Universidade do Minho)







Descrição:

"Luís de Camões é uma figura maior do universo literário lusógrafo, sendo-lhe reservado um lugar consensual no cânone da literatura de língua portuguesa. A sua obra multifacetada, abrangendo os géneros lírico, épico e dramático, tem merecido, ao longo dos séculos, a atenção de editores, comentadores, analistas e críticos que nela têm encontrado motivo inesgotável de interesse e fascinação. Verdadeira obra clássica, a produção literária camoniana mantém uma inabalável atualidade, continuamente inspirando outros criadores e leitores que dela se acercam e apropriam para que a voz do poeta maior do Quinhentismo português não cesse de cantar às novas gerações.

Teófilo Braga, por seu lado, foi um escritor prolixo do qual Ramalho Ortigão dizia que “não publica um volume por semana, pela razão única de que não há prelos, em Portugal, que acompanhem a velocidade vertiginosa da sua pena”. Boa parte do seu labor literário foi dedicado ao estudo da vida e da obra de Camões. Os aspetos da vida do poeta interessaram-lhe particularmente, levando-o a formular hipóteses e a extrair conclusões assentes em interpretações biografistas da obra que frequentemente foram contestadas. Porém, os seus contributos para a historiografia literária portuguesa e para a criação do mito de Camões como símbolo nacional tornam-no uma referência incontornável no âmbito dos estudos camonianos.

Assim, [...] o Colóquio [...] tem como objetivo abrir um espaço de partilha e discussão a partir da revisitação da obra destes dois vultos da cultura portuguesa, à luz de pressupostos teóricos atuais e de novas abordagens críticas."
Organizadores


Eixos temáticos:

  • Problemas de edição e de crítica textual da obra camoniana;
  • Novas leituras da lírica / épica / teatro;
  • Camões e os poetas do seu tempo;
  • Fortuna crítica da obra de Camões;
  • Camões, mote de glosa intemporal;
  • Comemorações, datas festivas e identidade nacional;
  • Teófilo Braga camonista;
  • Teófilo Braga e a historiografia literária nacional;
  • Teófilo Braga polemista;
  • Representações iconográficas de Camões e de Teófilo Braga;
  • A atividade política de Teófilo Braga.

Datas importantes:

20 maio 2024: data limite para apresentação de propostas de comunicação.
11 junho 2024: data limite para resposta da comissão científica.

28 junho 2024: publicação do programa provisório.

15 setembro 2024: data limite para inscrição de participantes ouvintes



Envio de propostas de comunicação:

As propostas de comunicação deverão incluir os seguintes elementos: 
título, resumo (250-350 palavras), palavras-chave (3-6) e breve nota biográfica do(s) autor(es).

Todas as propostas serão submetidas à avaliação da comissão científica do colóquio.

As comunicações admitidas não deverão exceder 20 minutos.

As propostas devem ser submetidas através do e-mail cem@biblioamares.pt

Publicação: Será publicada uma seleção de textos do colóquio, após dupla revisão por pares.

Inscrição: Gratuita



"Assim se junta a efeméride camoniana 
com o aniversário da morte de um nome maior 
da nossa historiografia literária e 
leitor sagaz e profundo de Camões: Teófilo Braga."